);
Em ao menos 18 municípios, os empregadores domésticos já terão que desembolsar uma quantia maior no pagamento de vale transporte. O reajuste das tarifas entrou em vigor a partir de 2 de janeiro embora ainda não seja para todos país.Na cidade do Rio de Janeiro as passagens de ônibus passaram para R$ 3,80, um aumento de R$ 0,40. Assim como em São Paulo, as passagens unitárias  de ônibus, trem e metrô passam de R$ 3,50 para R$ 3,80. Portanto, confira na tabela abaixo algumas das cidades que terão reajuste nas tarifas do transporte público de 2016.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Tabela de tarifas por município para 2016

CidadeTarifaInício da vigência:Atual (R$)Novo valor (R$)
Araxá (MG)ônibus1º de janeiro2,702,90
Boa Vista (RR)ônibus1º de janeiro2,803,10
Boa Vista (RR)táxi-lotação1º de janeiro3,404,00
Belo Horizonte (MG)ônibus3 de janeiro3,403,70
Belo Horizonte (MG)metropolitano3 de janeiro3,954,45
Campinas (SP)ônibus3 de janeiro3,503,80
Cascavel (PR)ônibus5 de janeiro2,903,33
Caxias do Sul (RS)ônibus1º de janeiro3,453,40
Divinópolis (MG)ônibus3 de janeiro3,003,45
Franciso Beltrão (PR)ônibus1º de janeiro2,803,00
Florianópolis (SC)ônibus3 de janeiro2,98 no cartão. 3,10 no dinheiro3,34 no cartão. 3,50 no dinheiro.
Guarapuava (PR)ônibus3 de janeiro2,602,80
Guarulhos (SP)ônibus3 de janeiro3,503,80
Joinville (PR)ônibus4 de janeiro3,25 antecipada. 3,70 no ônibus3,70 antecipada. 4,50 no ônibus.
Londrina (PR)ônibus1º de janeiro3,253,60
Pato Branco (PR)ônibus1º de janeiro2,70 dinheiro e 2,60 cartão2,85 dinheiro e 2,70 cartão
Petrolina (PE)ônibus1º de janeiro2,803,20
Presidente Prudente (SP)ônibus3 de janeiro2,803,00
Rio de Janeiro (RJ)ônibus2 de janeiro3,403,80
Rio de Janeiro (RJ)barcas12 de fevereiro5,005,60
Rio de Janeiro (RJ)trens2 de fevereiro3,303,70
Salvador (BA)ônibus2 de janeiro3,003,30
São Paulo (SP)ônibus, metrô e trem9 de janeiro3,503,80
São Paulo (SP)Integração ônibus e trilhos9 de janeiro5,455,92
Uberaba (MG)ônibus1º de janeiro3,103,50
Uberlândia (MG)ônibus3 de janeiro3,103,50

Reajuste nas tarifas do transporte

Porque pagar VT ao empregado doméstico?

Porquê além de ser um benefício do empregado, é também uma obrigação legal do empregador para garantir a locomoção do doméstico, diariamente para seu local de trabalho. Portanto, dispensando a necessidade do uso de sua renda pessoal para essa finalidade.

Igualmente importante é garantir  que o VT seja adiantado no início do respectivo mês. Além disso, é necessário conferir na hora da contratação, o trajeto percorrido pelo empregado. Afinal de contas o VT será calculado através da quantidade de dias e valor diário das passagens para cada mês.

Por fim, vale lembrar que na relação do emprego doméstico podemos pagar o vale transporte em dinheiro ao empregado. Mas é dever do empregador realizar o cálculo do valor correto para suprir o gasto mensal do funcionário. Tendo, por sua vez, como base os meios de transportes necessários à locomoção do empregado.

Nosso artigo foi útil para você? Então comente aqui, visite nossas redes sociais e acompanhe o que o Hora do Lar posta no Facebook, Instagram, YouTube e Linkedin!

Calculadora de Salário do Emprego Doméstico
[Modelo] Recibo de pagamento do empregado doméstico

0 comentário

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *