O adicional noturno da empregada doméstica é um direito que foi conquistado com a implementação da Lei Complementar n°150. Ele garante uma remuneração maior ao trabalhador quando o mesmo trabalha após o período das 22 horas. Tornando a relação trabalhista mais justa e compensando o desgaste físico e mental do empregado.

Muitos empregadores ainda se perguntam como funciona esse direito. Quer entender mais sobre o que é o adicional noturno da empregada doméstica e como deve ser feito esse cálculo?

Então, acompanhe esse post até o final que o Hora do Lar te explica. Confira!

Adicional noturno da empregada doméstica

O que é adicional noturno?

O adicional noturno da empregada doméstica é um acréscimo no valor da hora trabalhada daqueles que prestam serviços no período da noite, ocorrendo entre o horário das 22 horas às 5 horas da manhã do dia seguinte.

Quando pagar o adicional noturno?

Sempre que um empregado doméstico trabalhar no período noturno, ele terá o direito a receber esse adicional em seu salário. Ainda assim, existem algumas situações em que essa regra não é aplicada.

Em muitos casos, a empregada doméstica acaba pernoitando em seu local de trabalho. Contudo, nem sempre ela estará trabalhando nesse período das 22 horas às 5 horas da manhã.

Se o empregado trabalhar até as 22 horas e após esse horário não exercer nenhuma atividade da sua rotina de trabalho, mesmo que durma no local, não é necessário pagar o adicional noturno. Em contrapartida, se ele trabalhar após esse período das 22 horas, o empregador terá o dever de pagar por essas horas noturnas.

Portanto, o que determinará se o empregado terá ou não o direito de receber o pagamento do adicional noturno é se o mesmo estava trabalhando efetivamente ou em descanso.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Valor do adicional noturno

Nos casos em que o empregado doméstico trabalhar entre o período das 22 horas às 5 horas da manhã, ele deverá receber sobre o valor da hora trabalhada um adicional de 20%.

Isso se dá, devido ao fato da jornada noturna ser considerada mais desgastante e cansativa que o período diurno. Além disso, é o horário em que a maior parte das pessoas costumam descansar, justificando esse adicional.

Cálculo do adicional noturno da empregada doméstica

Para fazer o cálculo do adicional noturno da empregada doméstica, é muito simples. Primeiramente, é necessário dividir o valor do salário mensal do empregado por 220 horas. Em seguida, adicione 20% ao valor da hora trabalhada. Assim, você chegará no resultado do valor do adicional noturno.

Exemplo em que a empregada doméstica tenha trabalhado 10 horas noturnas durante o mês:

  • R$ 954,00 / 220 = R$ 4,29 valor do salário por hora
  • R$ 4,29 + adicional de 20% = R$ 5,15 valor da hora com adicional noturno
  • R$ 5,15 x 10 horas noturnas = R$ 51,50 valor a ser pago no final do mês com 10 horas de adicional noturno.

Redução da carga horária noturna

Entre 22:00 e 5:00h, a hora é chamada de hora noturna e tem sua duração reduzida. Cada hora noturna trabalhada tem a duração de 52 minutos e 30 segundos.

Então, é imprescindível estar atento na hora de fazer o cálculo do salário e da somatória de horas. Assim, você estará garantindo os direitos da empregada doméstica, evitando problemas futuramente.

Gostou do conteúdo? Conseguiu esclarecer suas dúvidas? Então, compartilhe esse post nas suas redes sociais e aproveite para seguir o Hora do Lar no Facebook, Instagram e LinkedIn.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *