Bonificação de natal ou 13° salário como é popularmente conhecido, consiste no pagamento de uma remuneração adicional ao trabalhador no final de cada ano. Contudo, existe uma etapa importantíssima e um tanto quando desafiadora para o pagamento deste beneficio ao trabalhador. Que nada mais é que o cálculo do 13° salário da empregada doméstica.

Este cálculo leva em consideração os meses trabalhados, assim como as horas extras feitas pela empregada ao longo do ano. A primeira vista estas informações podem até parecer simples, mas requerem atenção redobrada no momento do cálculo.

Pensando nisso, fizemos este artigo para descomplicar de vez o cálculo do 13° salário da empregada doméstica, além de dar diversas dicas sobre esta bonificação. Boa leitura!

Cálculo do 13° salário da empregada doméstica

Pagamento das parcelas de 13°

Antes de colocar em prática o cálculo do 13° salário, é muito importante saber alguns aspectos que envolvem o beneficio. Primeiramente, o pagamento do 13° salário da empregada doméstica é feito em duas parcelas. A primeira parcela deve ser paga entre fevereiro e o último dia útil de novembro, já a segunda parcela deve ser quitada obrigatoriamente em dezembro, de acordo com a legislação. 

Lembrando que na primeira parcela do beneficio não deve incidir nenhum tipo de desconto. Em resumo o empregador deve pagar o valor integral do primeira parcela do 13° salário a empregada. Porém o mesmo não acontece com a segunda parcela do beneficio, em que já deve vir descontado valores referentes ao INSS e ao Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), caso seja necessário.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Adicionais no cálculo do 13° salário

Ao fazer o cálculo do 13° salário da empregada doméstica, os adicionais não podem ser deixados de lado nesta conta. Isso quer dizer que deve ser levado em consideração, por exemplo  horas extras e adicional noturno feitas durante o ano.

Para saber o valor das horas extras, basta somar as horas extraordinárias e dividir por 12. Multiplique o valor encontrado pelo custo da hora extra e some ao salário bruto, o resultado obtido será o valor das horas extras que será acrescido ao 13° salário.

Cálculo do 13° salário

Após entender um pouco mais sobre as parcelas e adicionais, vamos ao  cálculo do 13° salario da empregada doméstica. Para isso vamos dividir o cálculo em duas partes, referente a primeira e segunda parcela do 13°.

Calculo da primeira parcela do 13° salário

Para chegar ao valor da primeira parcela divida o salário bruto por 12, logo após multiplique o resultado pelo número de meses em que a empregada trabalhou até outubro. Vamos ao cálculo!

Salário bruto: R$ 954,00

Meses trabalhados: 10

(954 ÷ 12) x 10 = R$ 795, 00. Este será o valor pago na primeira parcela do 13° para a empregada.  

Calculo da segunda parcela do 13° salário

Para chegar à segunda parcela, divida novamente o salário bruto por 12 e multiplique o resultado pelo número meses trabalhados. Como feito no exemplo acima.

Em seguida, basta subtrair do resultado o adiantamento e os e descontos do INSS e do Imposto de Renda. O valor encontrado será o da segunda parcela, que como foi dito deve ser pago até o dia 20 de dezembro.

O cálculo do 13° salário da empregada doméstica, muitas vezes pode ser complexo, principalmente para os empregadores que estão fazendo o cálculo pela primeira vez, mas tudo pode ser mais simples com os aplicativos para gestão de empregados domésticos disponíveis no mercado. Com eles o empregador fica livre de complicações, pois cálculo de férias, 13° salário e rescisão são feitos de forma automática e super simples.

Quer tornar o cálculo do 13° salário bem mais simples? Então conheça o aplicativo Hora do Lar e descubra todas as facilidades que o nosso serviço pode oferecer!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *