);

Sempre que houver reajuste no salário mínimo nacional ou regional, os novos valores devem ser alterados no eSocial para que as guias DAE sejam emitidas com os quantias corretas.

 

Não tem jeito, existem informações que o eSocial precisa saber sobre a relação de trabalho com a sua empregada doméstica. Exemplo disso são os reajuste salariais que acontecem anualmente.

Esqueça essa ideia que ele é intrometido, muito pelo contrário, comunicar essas informações ao Simples Doméstico é essencial, principalmente, por que a partir disso a DAE vai ser recolhida sem nenhum erro de valor.

Nesse artigo a gente mostra um caminho super simples no site do eSocial para fazer toda a mudança de salário da sua doméstica. Boa leitura!

Alterar Salário no eSocial Doméstico

Mudança de salário da empregada doméstica no eSocial

Anualmente o Governo Federal faz o reajuste no salário mínimo nacional que é válido para quase todos os trabalhadores do país, menos para aqueles que trabalhadores que moram em Estados com um mínimo regional.

Está mudança acarreta algumas pequenas obrigações ao empregador doméstico que deve reajustar a alteração salarial da empregada no sistema do eSocial doméstico.

A alteração de salário não é feita de maneira automática pelo sistema, ou seja, o empregador deverá fazer manualmente todo o procedimento.

Reajustar os novos valores no eSocial doméstico é de extrema importância, pois a Guia DAE dos meses seguintes irão ser calculadas com base no valor que o empregador informou ao sistema.

Alterar salário no eSocial doméstico passo a passo

Confira abaixo todo o procedimento para mudar o salário da sua empregada doméstica no sistema do eSocial.

  • faça login no site oficial do eSocial doméstico com o código de acesso e senha;
  • selecione a aba “Trabalhadores” e logo em seguida clique em “Gestão de trabalhadores”;
  • selecione um empregado doméstico e em seguida clique em “Dados contatuais”
  • clique em “Alterar Dados Contratuais”;
  • o empregador deve digitar data de vigência da alteração, ou seja, desde quando a mudança aconteceu;
  • preenche o campo “Salário base” com o novo valor no salário do empregado doméstico;
  • por fim, clique em salvar as alterações.

Alteração de salário na carteira de trabalho da empregada doméstica

Após fazer todo o procedimento de alterar salário no eSocial doméstico, o empregador deve também alterar os valores na CTPS do empregado doméstico. A mudança é feita na seção “Alterações de salários”, onde o empregador deverá informar o novo valor e o motivo da mudança de salário da empregada doméstica.

Cumprir esses procedimentos mantém todos os direitos do empregado em dia e também asseguram uma relação de trabalho harmoniosa e dentro de todos os parâmetros legais.

Emissão da Guia DAE na palma da sua mão!

Emitir a Guia DAE mensalmente é um dever do empregador, que deve ir até o site do eSocial para ter acesso ao documento. Mas graças as novas tecnologias já existem serviços de gerenciamento do empregado doméstico que emitem a DAE em apenas um clique.

Dentre tantos serviços disponíveis poucos fazem o processo completo para o empregador e emitem somente a Guia da competência atual.

Já as Plataformas Digitais mais avançadas geram a guia DAE da competência atual e das atrasadas, o empregador só precisa selecionar o período de recolhimento e pronto o documento vai estar em mãos em apenas um clique.

A mais sofisticada das plataformas para o gerenciamento do empregado doméstico é o Hora do Lar, nela o empregador tem amparo desde a etapa de cadastro, controle de ponto, entrega de documentos mensais e cálculos automáticos de férias, rescisão e salário tudo com toda facilidade, segurança e tecnologia que só o nosso serviço pode oferecer ao empregador.

Coloque mais comodidade na gestão do seu empregado, conheça a Plataforma Hora do Lare veja o que preparamos para facilitar sua vida.


2 comentários

joselia maria bento leocadio · 14 de fevereiro de 2020 às 16:30

Quanto tenho que pagar por mês para receber mensalmente a guia, recibos e informações pertinentes?

    Lucilia Mendes · 19 de fevereiro de 2020 às 16:08

    Olá Joselia,

    A assinatura mensal do Hora do lar tem o preço de R$ 32,90/mês;

    Nela está incluso o envio mensal da guia do eSocial, recibos de pagamento, vale trasporte e adiantamento de salário e alem disso você terá acesso a contratos, acordos, aplicativos e ao suporte por Whatsapp, e-mail, telefone, e plataforma.

    Clique aqui para saber mais!

    Estamos a disposição para mais dúvidas 🙂

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *