);

Quando a empregada é afastada por motivos médicos, é necessário lançar atestado médico da doméstica no eSocial. Fazer esse processo é de extrema importância, afinal ela está afastada de sua função e isso deve ser registrado no sistema, ainda mais com as mudanças no pagamento do auxílio-doença.

O processo é bem simples e rápido, mas ainda assim é necessário cuidado na hora de lançar as informações, tanto na hora de registrar o afastamento quanto o retorno. Continue por aqui e veja como fazer o registro do atestado médico no eSocial. Boa leitura!

Lançar Atestado Médico da Doméstica no eSocial

O que é atestado médico?

Primeiramente, é importante dizer que declaração médica não é atestado médico. O atestado ausenta o empregado doméstico por um ou mais dias. Esse período muda conforme a necessidade que a doméstica precisa para reestabelecer sua saúde.

Já a declaração de comparecimento informa apenas a quantidade de horas que a doméstica permaneceu no hospital não tendo efeito para abonar ausência. Este documento normalmente indica que ela pode voltar a trabalhar no mesmo dia.

Independente das diferenças, ambos os documentos devem ser emitidos por um médico com CRM válido, mediante a consulta com especialista. É contra a lei a falsificação do documento.

Quais são as mudanças no pagamento do afastamento da doméstica?

Em julho de 2020, os empregadores foram pegos de surpresa com o Decreto nº 10.410, que alterava o afastamento da doméstica a depender da quantidade de dias.

Com isso, INSS arcará com o pagamento desde o primeiro dia quando o atestado for superior a 15 dias. Abaixo disso, é o empregador que deve pagar para a empregada, mediante a atestado médico que comprove a doença.

Confira a seguir o texto do decreto que cita a mudança no pagamento:

Art. 72. O auxílio por incapacidade temporária consiste em renda mensal correspondente a noventa e um por cento do salário de benefício definido na forma prevista no art. 32 e será devido: (Redação dada pelo Decreto nº 10.410, de 2020)

  1. a contar do décimo sexto dia do afastamento da atividade para o segurado empregado, exceto o doméstico; (Redação dada pelo Decreto nº 3.265, de 1999);
  2. a contar da data do início da incapacidade, para os demais segurados, desde que o afastamento seja superior a quinze dias; (Redação dada pelo Decreto nº 10.410, de 2020);
  3. a contar da data de entrada do requerimento, quando requerido após o trigésimo dia do afastamento da atividade, para todos os segurados.

Logo, quando a doméstica apresentar um atestado médico com afastamento menor de 15 dias, o empregador deverá arcar com seus custos.

Como lançar atestado médico no eSocial?

Para lançar atestado médico da doméstico no eSocial é necessário ter em mãos o documento. Por isso, solicite para a doméstica a fim de que seja feito o devido registro.

Após isso, confira o passo a passo:

  1. faça login no Portal oficial do eSocial doméstico;
  2.  na guia “Trabalhador”, clique na opção “Afastamento temporário”;
  3. escolha o nome do empregado que está afastado;
  4. será aberta uma tela, selecione o botão “Registrar afastamento”
  5. após isso, informe data e o motivo do afastamento da empregada. Você pode informar a data do término do afastamento no mesmo evento, desde que já tenha ocorrido ou que a data do registro não seja superior à data atual com mais 15 dias corridos.

Como registrar o retorno do atestado médico no eSocial?

Se não foi possível registrar a data de retorno quando o empregador foi lançar o atestado médico, é necessário fazer o seguinte procedimento:

  1. clique no registro do afastamento do empregado feito anteriormente;
  2. na próxima tela, selecione o botão “Registrar retorno”. Após isso, informe a data de retorno;
  3. por último, clique em “Salvar” para que o sistema registre o retorno.

Quer fazer uma gestão completa e simples?

São tantos os pontos com os quais o empregador precisa se preocupar na relação empregatícia que é necessário muito cuidado para não errar – ainda mais quando se trata de registrar informações no eSocial. Qualquer desencontro pode causar prejuízos financeiros para o empregador.

Para que isso não aconteça, você pode contar com a plataforma Hora do Lar, que cuida da gestão doméstica. Mude o jeito de fazer a gestão com mais segurança. Teste a plataforma Hora do Lar e aproveite os 20% de desconto para o plano anual.