...

DAE eSocial: como verificar as guias não pagas?

Para verificar as Guias DAE eSocial não pagas, o empregador deve acessar o Portal eCAC. Os meses que não constarem são os quais não foram pagos. Desse modo, o contratante deve emitir as guias atrasadas e pagá-las no mesmo dia, através do próprio eSocial Doméstico.

A Guia DAE do eSocial Doméstico é uma das principais responsabilidades mensais do empregador doméstico. Afinal, é através do documento que o contratante paga os tributos referentes à profissional contratada, como o INSS e o FGTS.

Com data de vencimento para o dia 07 de cada mês, o empregador deve emitir a Guia a partir do próprio eSocial. O pagamento pode ser realizado em casas Lotéricas ou via PIX. Contudo, caso o contratante tenha dúvidas quanto às Guias pagas ou em aberto.

Então, para te ajudar, o Hora do Lar preparou este passo a passo completo para que você entenda como verificar Guias DAE eSocial não pagas. Continue conosco até o final e boa leitura.

dae esocial como verificar as guias nao pagas
O empregador pode verificar as Guias DAE não pagas através do Portal eCAC e emitir os documentos atrasados pelo eSocial Doméstico — Foto: Freepik.

O que acontece se o empregador não pagar a Guia DAE eSocial?

Não pagar a Guia DAE do eSocial Doméstico traz diversos problemas ao empregador. Afinal, o documento reúne os principais tributos referentes à empregada, de total responsabilidade do empregador, e mantém a doméstica na legalidade.

Além disso, através do pagamento em dia, o contratante garante que a empregada tenha acesso a uma série de direitos trabalhistas, sobretudo aos benefícios previdenciários.

Se o empregador doméstico não pagar a Guia DAE, aplicam-se multas e juros sobre o valor do documento. A multa por cada dia de atraso é 0,33%, até o limite de 20%. O juros, por sua vez, é de 1% ao mês.

Além disso, há a multa de 10% do FGTS, aplicável a partir do primeiro dia de vencimento, junto aos juros de 0,5% ao mês.

Ainda, caso o empregador não quite as guias abertas, ele fica passível a responder judicialmente por Apropriação Indébita Previdenciária, que corresponde ao não depósito do valor do INSS já descontado do salário da empregada.

Em outras palavras, o crime fiscal indica que o empregador fez o desconto no salário do funcionário, mas não o repassou à Previdência. Por último, mas de igual importância, é possível o CPF do contratante seja bloqueado.

Saiba mais: o que acontece ao não pagar a Guia DAE do eSocial Doméstico?

Como verificar Guias DAE eSocial não pagas

Você pode consultar as Guias DAE pagas por meio do Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (Sistema eCAC), solicitando os comprovantes de pagamento e a identificação das competências não pagas.

Então, o passo a passo para verificar Guias DAE eSocial não pagas:

  1. Acesse a página do Centro Virtual de Atendimento (eCAC);
  2. Para acessar, utilize seu código de acesso ou seus dados gov.br;
  3. Ao entrar no portal, siga para “pagamentos e parcelamentos”;
  4. Clique em “consulta comprovante de pagamento” — DARF, DAS, DAE e DJE;
  5. Ao entrar na aba de consulta, selecione a opção DAE em “tipo de documento” e escolha o período de arrecadação;
  6. Após fazer a seleção, a consulta retornará para a seleção de todas as Guias DAE;
  7. Ao abrir cada uma, você encontrará a informação detalhada referente ao pagamento;
  8. Se necessário, é possível imprimir a relação de guias ou cada um dos comprovantes desejados;
  9. O resultado de pesquisa mostrará as guias pagas. Os meses que não constarem são as competências não pagas. Você pode visualizar mais detalhes na aba “consulte orientações”, localizada na parte direita superior da tela.

Como pagar a Guia DAE em atraso?

O empregador doméstico pode emitir as Guias DAE atrasadas pelo próprio eSocial Doméstico. As guias emitidas depois de seu vencimento já possuem as multas e juros aplicados. Além disso, o contratante deve pagar a guia atrasada no mesmo dia de sua emissão, por conta da aplicação de juros diários que alteram o valor a cada dia de atraso.

Se forem vários meses de atraso, o empregador deve gerar a guia de cada competência. Então, ele deve gerar a guia atrasada de cada mês.

Confira o passo a passo completo para pagamento aqui: Pagar eSocial Doméstico Atrasado.

Importância do comprovante de pagamento da Guia DAE

As Guias DAE são documentos fundamentais da relação trabalhista, que comprovam o pagamento dos tributos previdenciários referentes à profissional. Por isso, em casos de ações trabalhistas, os comprovantes ajudam os lados a comprovar o pagamento — ou não — da guia.

Além disso, em caso de rescisão contratual, a doméstica deve comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal para sacar o FGTS. Nestas situações, é prudente levar e apresentar os comprovantes de recolhimento, além da documentação exigida pelo órgão, a fim de evitar possíveis inconsistências.

Hoje, é necessário os comprovantes relativos a todos os meses, desde outubro de 2015, para contratos estabelecidos antes desse período. Para contratações realizadas posteriormente, os comprovantes devem datar a partir do mês de admissão.

Você pode se interessar:

Gestão completa e inteligente do trabalho doméstico

A rotina de gestão do empregador doméstico não é simples. Em meio ao seu dia a dia corrido, lembrar dos detalhes e responsabilidades que vêm com admissão de uma profissional pode ser um tanto complicado. Então, que tal contar com uma ajuda especializada e autoridade no assunto?

Conheça agora o Hora do Lar, a solução completa e inteligente que você precisa para fazer a melhor gestão de sua empregada doméstica, com segurança e praticidade.

Há quase 10 anos, o HDL ajuda mais de 15.000 empregadores em todos os processos do trabalho doméstico, mantendo a relação na legalidade e com transparência em todas as etapas.

Afinal, o Hora do Lar te ajuda a reduzir os erros e inconsistências por meio de ferramentas e funcionalidades úteis para sua rotina, como:

  • 100% de integração com o eSocial Doméstico;
  • Emissão de guias e comprovantes de pagamento;
  • Controle de ponto por aplicativo;
  • Geração do informe de rendimentos anual;
  • Cálculo automático de encargos e verbas;
  • Suporte multicanal especializado e muito mais.

Descubra tudo o que o Hora do Lar pode fazer por você e faça a gestão mais prática, segura e automática de sua empregada doméstica. Cadastre-se agora mesmo!

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 2.8 / 5. Número de votos: 5

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

Quer receber mais conteúdos como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail toda
2ª feira e participe da comunidade do Hora do Lar!

© 2015-2023 Hora do Lar. CNPJ 21.011.165/0001-39. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade. Feito com ❤ pelo time HDL.

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.