);

Uma situação corriqueira na relação empregatícia doméstica é a trabalhadora fazer a refeição no ambiente de trabalho, ou seja, na residência do empregador. No entanto, por se alimentar em sua residência muitos empregadores presumem a possibilidade de descontar o horário de almoço da empregada doméstica.

É neste ponto que se encontra um grande perigo, pois a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) deixa bem claro quanto ao período de almoço da doméstica e a possibilidade de desconto ou não. Fique por aqui e entenda como agir nesta situação sem cometer erros legais. Boa leitura!

Descontar o Horário de Almoço da Empregada DomésticaQual a duração do horário de almoço para doméstica?

A duração do horário de almoço para doméstica, vária de acordo com a categoria de jornada de trabalho estipulada em contrato de trabalho e segue a proporcionalidade determinada na CLT. Veja a tabela a seguir:

Jornada diáriaIntervalo Intrajornada
até 4 horasnão tem
entre 4 e 6 horaspausa de 15 minutos
entre 6 e 8 horaspausa de 1 até 2 horas

Existe multa caso o horário de almoço da doméstica não seja concedido?

Sim, há pagamento de multa no valor de 50% da hora normal de trabalho caso o empregador não conceda horário de almoço para doméstica ou o reduza sem autorização da trabalhadora.

§ 4o –A não concessão ou a concessão parcial do intervalo intrajornada mínimo, para repouso e alimentação, a empregados urbanos e rurais, implica o pagamento, de natureza indenizatória, apenas do período suprimido, com acréscimo de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor da remuneração da hora normal de trabalho.”

Horário de almoço da doméstica pode ser diminuído?

Sim, o horário de almoço da empregada doméstica pode ser diminuído para 30 minutos, para que este tempo seja compensado e a doméstica encerre sua jornada de trabalho mais cedo. Para que a diminuição seja aplicada, o empregador deverá fazer um acordo individual assinado por ambas as partes, tornando a decisão oficial.

É possível descontar horário de almoço da empregada doméstica?

Não, o horário de almoço da empregada doméstica não pode ser descontado do seu salário, isso porque, a pausa para refeição não é considerada tempo a disposição do empregador, segundo a CLT. Caso seja aplicado qualquer desconto o empregador fica passível ao pagamento de multas.

Horário de almoço da doméstica é contabilizado como jornada de trabalho?

Não, o horário de almoço da doméstica não é conta como jornada da doméstica, justamente porque ela não está a disposição do empregador. Todos os momentos em que a doméstica estiver em momento de pausa não são contabilizadas para a jornada de trabalho, só é válido o período de prestação de serviço.

Calculadora de Salário do Emprego Doméstico

O empregador deve conceder alimentação para empregada doméstica?

Não, isso porque não há nenhuma lei que obrigue o empregador a conceder alimentação para empregada doméstica. A única determinação cabível ao empregador refere-se a concessão do horário de almoço da empregada doméstica sem que seja feito descontos.

Como controlar o horário de almoço da doméstica?

A Lei Complementar 150 (PEC das Domésticas) determina que o controle de ponto é obrigatório na relação empregatícia doméstica, seja ele por meio eletrônico, manual ou mecânico, desde que idôneo. Resumindo, não somente o horário de almoço da doméstica deve ser controlado, como também entrada, saída e todas as pausas que ocorrem durante a jornada de trabalho da doméstica.

Vamos fazer uma gestão doméstica segura e inteligente?

Obedecer às determinações da jornada de trabalho e o horário de almoço da doméstica é mais que um ato de proteção a multas, mas também é respeitar o direito da trabalhadora, que deve ter seu momento de descanso.

Fazer esta gestão com maior tranquilidade e respeito a relação trabalhista, você encontra na plataforma Hora do Lar, referência n° 1 no gerenciamento de empregados domésticos. A plataforma HDL oferece controle de ponto via QRcode, emissão de documentos mensais em um clique e cálculos automáticos.

Modernize o jeito de fazer a gestão dos seus empregados domésticos, teste a plataforma Hora do Lar e torne-se digital.

[Modelo] Recibo de pagamento do empregado doméstico