);

Inserir a suspensão de contrato da doméstica no Meu INSS é um dos requisitos para garantir a validade do processo e a estabilidade da empregada, porém quando ela não é feita da maneira correta acaba gerando grandes prejuízos para o empregador.

Para evitar dores de cabeça, o empregador deve garantir que todo o processo foi feito de forma transparente com a empregada e de acordo com as atuais regras estipuladas pelo governo.

O Hora do Lar reuniu aqui tudo e mais um pouco com o que você precisa saber sobre como inserir a suspensão de contrato da doméstica no Meu INSS de acordo com as mais novas atualizações. Fique até o final e boa leitura!

Inserir Suspensão De Contrato Da Doméstica No Meu INSS

Importância da suspensão de contrato

A suspensão de contrato da empregada doméstica foi elaborada como uma das diversas medidas que foram criadas para tentar reduzir o impacto social da covid-19.

Desde 2020 esse processo foi altamente solicitado por empregadores e empregadas que não quiseram colocar um fim nos seus contratos, e em 2021 houve o lançamento da Medida Provisória 1.045 no Diário Oficial da União (DOU), trazendo mais questões essenciais.

Só para esse ano foram destinados cerca de R$ 10 bilhões ao Novo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm), auxiliando milhares de domésticas pelo Brasil inteiro.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Suspensão de contrato da doméstica

A suspensão de contrato da doméstica é o ato de suspender o serviço da doméstica por um período de tempo. Durante essa pausa o empregador não precisa pagar a remuneração e nem o eSocial e a doméstica recebe seu salário através do governo, em uma quantia baseada no seguro-desemprego.

Esse procedimento é realizado quando o empregador não quer fazer a rescisão do contrato mas não tem verbas para manter a empregada, e deve ser efetuado através de um acordo de comum vontade entre os dois.

Acordo de suspensão de contrato da doméstica

O acordo de suspensão de contrato da doméstica é individual, ou seja, entre empregador e empregada. Por ser um acordo individual, não é obrigatório, então está tudo bem caso uma das partes não concorde com a suspensão.

Ele deve ser executado por escrito, com antecedência de no mínimo dois dias úteis antes da vigência e inserido no portal do Meu INSS e eSocial. Nele, devem constar o tipo de regime escolhido e o percentual ou a suspensão integral de contrato.

Não é necessário fazer o registro dessa anotação em carteira de trabalho e, durante esse período, a empregada terá estabilidade garantida pelo governo.

Estabilidade da doméstica

A estabilidade da empregada doméstica é garantida pelo governo e equivale aos dias da suspensão. Exemplificando: caso o empregador e a empregada suspendam o contrato de trabalho por 90 dias, quando esse tempo acabar devem ser concedidos mais 90 dias de estabilidade.

Passo a passo para lançar a suspensão de contrato no meu INSS

O passo a passo para lançar a suspensão de contrato no Meu INSS é:

  • acesse o site do Ministério da Economia e entre na sua conta (caso não tenha uma, realize seu cadastro);
  • vá na “Área do Trabalhador” e clique em “Benefício Emergencial”;
  • pressione em “Empregador Doméstico” e selecione o nome da empregada (caso não apareça nenhum, clique em “Novo Trabalhador Doméstico”);
  • complete com os dados da empregada e as informações do benefício;
  • por último, clique em “Cadastrar”.

Depois de seguir todos esses passos, a suspensão de contrato já foi lançada no Meu INSS. Fazer esse procedimento da maneira correta é muito importante para evitar dores de cabeça no futuro.

Consequências em não lançar a suspensão de contrato no Meu INSS

Caso o empregador não lance a suspensão de contrato no Meu INSS, a empregada não terá a estabilidade, garantida a ela por direito. Então o empregador terá que realizar o pagamento de todos os encargos que seriam suspensos acrescido de multas, além de ficar passível a processos trabalhistas.

Para não ter prejuízos financeiros, o melhor é fazer todos os procedimentos da maneira correta e com o apoio de especialistas, como o Hora do Lar, por exemplo.

Conte com um suporte de especialistas

O Hora do Lar é uma plataforma completa de gestão do emprego doméstico integrada ao eSocial Doméstico. Nela, é possível gerar cálculos automáticos de recibos de pagamentos, férias, rescisão… E ainda existe um app para controle de ponto eletrônico da sua empregada.

Além de tudo isso, você ainda conta com o suporte de time de especialistas via WhatsApp para auxiliar em qualquer assunto relacionado a emprego doméstico. Teste 30 dias grátis e tenha todo o controle da sua gestão na palma das suas mãos!

Categorias: Outros

Laura Albuquerque Poveda

Oie, prazer! Meu nome é Laura, sou publicitária em formação pela Anhembi Morumbi, amo os animais e passo o meu tempo livre revirando todo o catálogo da Netflix com meu cachorro Dufy. Comunicadora com fome de mundo, acredito que só quando ajudamos o outro é que realmente estamos ajudando a nós mesmos. Por isso, espero ajudar vocês através dos meus conteúdos!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments