);

A implementação da Lei Complementar 150, que regula a função dos empregados domésticos no Brasil trouxe uma série de obrigatoriedades e responsabilidades para quem contrata alguém nessa função. A utilização do ponto eletrônico digital para doméstica pode auxiliar nessas responsabilidades.

Neste artigo, vamos explicar como ele funciona, como faz os cálculos corretos, ajuda a controlar as tarefas dos empregados e serve de prova em caso de ação judicial.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre essa facilidade, continue lendo e saiba já!

Ponto Eletrônico Digital para domestica

1. Cumprimento da legislação

Um dos maiores benefícios da instalação de um ponto eletrônico digital para doméstica é o de você ter a plena certeza de que está cumprindo a lei com os seus funcionários. De acordo com o artigo 12 da PEC das Domésticas, se torna obrigatório o registro das horas trabalhadas pelo empregado doméstico, sob pena de multa para quem descumprir o dispositivo.

A lei permite que o controle do ponto do empregado seja feito por três meios diferentes:

  • manual — no qual, de posse de um livro com tabelas que sirva para anotar pontos, o seu empregado anote os horários de entrada, saída e intervalos com a assinatura e anuência dele e de seu empregador;
  • mecânico — aquele no qual o empregado insere um cartão de papel que registra os seus horários de forma manual;
  • eletrônico — o meio mais moderno, no qual o controle é feito por cartão individual ou crachá e o horário de saída e entrada são registrados. O método permite ainda o uso de biometria — com impressão digital do empregado —, para dar ainda mais segurança. Existem também os que são feitos digitalmente através de aplicativos.

2. Segurança em relação aos registros

Agora que você já viu como e por que fazer o registro do ponto do seu funcionário, vamos explicar de que jeito fazer isso de forma segura e longe de falhas. Como vimos, é possível usar o método manual, bastante simples, e o mecânico. No entanto, essas duas práticas não são as mais seguras e são suscetíveis a falhas.

Por isso mesmo, os métodos manual e mecânico caem em desuso, porque estão sujeitos a erros como:

  • assinatura ilegível do empregado ou empregador;
  • anotações erradas;
  • perda ou rasura dos papéis;
  • complicações para o empregador na hora de fazer a supervisão e análise dos registros (principalmente se for mais de um empregado), entre outras situações que o expõe perante a lei.

Desse modo, o chamado Registrador Eletrônico de Ponto (REP) tem ganhado mais popularidade entre os empregadores, pois minimiza as chances desses problemas acontecerem e demais complicações no futuro.

Além disso, oferece muita segurança e facilidade, pois, a partir do momento em que o profissional passa seu crachá ou outra forma de identificação, os dados são enviados imediatamente para o banco de dados da operadora do sistema para serem calculados, sem dores de cabeça ou estresse.

3. Cálculo correto de horas extras e adicional noturno

O sistema que controla o ponto eletrônico é dotado da plataforma que faz o registro, via crachá ou outra forma de identificação do trabalhador, e um programa que faz os cálculos a partir das informações inseridas nele. Assim, os dados informados no sistema são processados de forma ágil na hora de contabilizar as horas trabalhadas.

Ele gera, eletronicamente, no fim de cada mês, o resumo das horas trabalhadas em um espelho de horas que vai ser mostrada, conferida e assinada pelo empregado. Além dos cálculos de horas extras, adicionais noturnos e possíveis descontos ou acréscimos na folha de pagamento. Tudo de forma rápida, eficaz e sem erros. Sem ter que digitar planilhas, montar relatórios ou fazer cálculos.

4. Prova em caso de ação judicial

A segurança dos registros de ponto eletrônico é tão grande que esse tipo de requisito é regulamentado pela portaria 1510/2009 do Ministério do Trabalho com normas para esse tipo de aparelho ser utilizado.

A marcação do ponto deve ser feita em memória inviolável, copiada em um programa, garantido assim que os dados não se percam de forma alguma. Além disso, como já dissemos, todo o sistema de registro digital, o que inclui o “relógio de ponto” e o software, automatiza o processo da folha de pagamento, diminuindo erros nos cálculos e possíveis falhas.

Desse modo, a Justiça do Trabalho tem grande aceitação desse tipo de marcação, em caso de ação judicial, como prova por causa de sua fidedignidade na hora de fazer os registros. Além disso, esse sistema é obrigado a emitir comprovante para que o trabalhador possa conferir ou contestar seus contracheques caso seja necessário.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

5. Controle das tarefas do empregado doméstico

Outra facilidade que o ponto eletrônico digital oferece é um controle maior das tarefas que o empregado doméstico realiza. Com a marcação da hora de entrada, saída e intervalos, o empregador consegue ter a noção exata da hora em que ele chegou, da hora em que saiu e de quanto tempo teve disponível para realizar as tarefas do seu dia a dia. 

A partir dessa análise, é possível fazer ajustes, caso haja necessidade, e ter total controle da jornada de trabalho, sem prejuízos para o empregador no futuro.

E, ainda, a tranquilidade de saber que, em caso de qualquer eventualidade judicial, você está de acordo com a lei, com registros adequados e com provas reais da situação que vivia com seu funcionário, então, por que não implantar?

Como ter um ponto digital com muita tecnologia?

Até aqui vimos os benefícios do ponto eletrônico digital para doméstica e também sua obrigatoriedade no emprego doméstico, o que significa que o empregador deve se equiparar da melhor forma.

É isso o Hora do lar, serviço de gerenciamento doméstico, faz por você. Nosso sistema conta com uma plataforma digital que faz cálculos, emissão de documento e também com exclusivo app para o empregador e empregada.

No app do empregador, ele conta com todas as ferramentas presentes na plataforma só que na palma da mão. Já o empregado tem o seu próprio app para registrar diariamente seu ponto e registrar tudo no sistema Hora do Lar.

Nós, podemos mudar o jeito que você faz a gestão doméstica com muito mais tecnologia e segurança. Seja digital, venha para o Hora do Lar. Conheça nossos planos e condições.


0 comentário

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *