...

Rescisão Indireta no Emprego Doméstico: guia completo!

A rescisão indireta no emprego doméstico funciona como uma justa causa cometida pelo empregador, quando ele tem alguma atitude danosa e prejudicial para com a empregada. Assim, esse tipo de recisão apenas acontece judicialmente. Os direitos da empregada são os mesmos da rescisão sem justa causa.

A rescisão da empregada doméstica pode acontecer por uma série de motivos, que determinam o tipo de rescisão. Por isso, em meio a toda a agitação do dia a dia, o desligamento da funcionária deixa tudo mais delicado e deve ser tratado com atenção e cuidado.

Um dos tipos é a rescisão indireta no emprego doméstico. Em geral, muitos trabalhadores e contratantes não sabem do que se trata, o que pode trazer surpresas aos empregadores.

Quer saber tudo sobre a rescisão indireta no emprego doméstico? Não se preocupe, o Hora do Lar te ajuda em todos os detalhes e informações. Continue conosco até o final e boa leitura.

rescisao indireta no emprego domestico
Guia completo com todos os detalhes sobre a rescisão indireta da empregada doméstica – Foto: Freepik

O que é rescisão indireta no emprego doméstico?

A rescisão indireta é a quebra de contrato por parte do empregado quando o empregador comete algum ato grave contra ele, classificando então como justa causa.

Ou seja, ocorre quando o empregador deixa de cumprir a sua parte do contrato de trabalho, de forma que empregado pode pedir demissão através da rescisão indireta.

Contudo, a rescisão indireta no emprego doméstico só é válida quando declarada de maneira judicial. Por isso, o empregado deve recorrer à justiça para oficializar esse tipo de demissão.

O que a lei considera como rescisão indireta?

A lei considera como rescisão indireta atos graves cometidos contra o empregado. Portanto, confira o que o Artigo 27 Lc nº 150 de 01 de Junho de 2015 diz:

Parágrafo único. O contrato de trabalho poderá ser rescindido por culpa do empregador quando:

I – o empregador exigir serviços superiores às forças do empregado doméstico, defesos por lei, contrários aos bons costumes ou alheios ao contrato;

II – o empregado doméstico for tratado pelo empregador ou por sua família com rigor excessivo ou de forma degradante;

III – o empregado doméstico correr perigo manifesto de mal considerável;

IV – o empregador não cumprir as obrigações do contrato;

V – o empregador ou sua família praticar, contra o empregado doméstico ou pessoas de sua família, ato lesivo à honra e à boa fama;

VI – o empregador ou sua família ofender o empregado doméstico ou sua família fisicamente, salvo em caso de legítima defesa, própria ou de outrem;

VII – o empregador praticar qualquer das formas de violência doméstica ou familiar contra mulheres de que trata o art. 5o da Lei no 11.340, de 7 de agosto de 2006.

Então, caso o empregador cometa algum dos atos listados acima, o empregado pode recorrer à rescisão indireta.

Verbas rescisórias na rescisão indireta

Em caso de rescisão indireta no emprego doméstico, a trabalhadora tem direito às seguintes verbas rescisórias:

Então, neste caso, a doméstica tem os mesmos direitos que na rescisão sem justa causa. As únicas diferenças, portanto, são os motivos e as maneiras.

Cálculo de rescisão indireta

O cálculo de rescisão indireta deve ser feito de maneira semelhante à rescisão sem justa causa. Então, a fim de te ajudar com todos os detalhes, o Hora do Lar preparou tudo para você:

Saldo de salário

O saldo de salário é o valor correspondente à quantidade de dias trabalhados no mês da demissão. Ou seja, deve-se contar apenas os dias trabalhados, e não o mês todo.

Sendo assim, para calcular o saldo de salário:

  • Divida o salário por 30;
  • Multiplique pela quantia de dias trabalhados no mês (considerando também os dias corridos).

Este é o valor referente ao saldo de salário da empregada doméstica no mês da rescisão.

Férias vencidas e proporcionais

As férias vencidas ocorrem quando o empregador deixa de oferecer o devido período de descanso depois do término do período concessivo. Ou seja, é quando a empregada não tira férias durante 1 ano, depois de seus 12 primeiros meses de trabalho.

Neste caso, o empregador deve pagar o valor das férias em dobro.

Já as férias proporcionais devem ser pagas em todos os casos, independente de tempo de serviço. Elas são calculadas em 1/12 avos para cada mês trabalhado, e sob este total adiciona-se ⅓ constitucional.

Por exemplo: uma empregada que entrou no serviço em janeiro e foi demitida em julho do mesmo ano deve receber o equivalente a 7 meses de férias proporcionais.

Contudo, atenção: o mês só começa a contar para cálculo do período aquisitivo quando a doméstica trabalha por 15 dias, corridos ou não. Então, se ela começou seus serviços no dia 20 de janeiro, esse mês não entrará no cálculo das férias proporcionais.

13° salário proporcional

O cálculo do 13° salário começa em janeiro e termina em dezembro. Então, caso a demissão tenha acontecido no meio desse tempo, o 13° será proporcional aos meses trabalhados.

Entretanto, é importante lembrar sobre o período aquisitivo que falamos mais acima: o mês só conta se o funcionário trabalhou por no mínimo 15 dias, corridos ou não.

Multa do FGTS 

A multa do FGTS é recolhida todos os meses pela guia DAE, com alíquota de 3,2% sobre o salário. Dessa forma, o pagamento é feito de forma adiantada e o valor total das verbas rescisórias acaba diminuindo.

Saiba mais: Multa de 40% do FGTS da Empregada Doméstica: confira!

Seguro-desemprego

Pela rescisão indireta, o empregado tem direito de receber o seguro-desemprego. Porém, ele precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Trabalhado por, no mínimo, 15 meses nos últimos 24 meses;
  • Ter pelo menos 15 contribuições ao INSS e 15 recolhimentos ao FGTS como trabalhador doméstico;
  • Não receber nenhum benefício da Previdência Social, exceto auxílio-acidente e pensão por morte;
  • Não ter renda própria para seu sustento e de sua família.

Cumprindo todas essas condições, o empregado pode solicitar o seguro-desemprego.

Você pode se interessar: Seguro-Desemprego do Empregado Doméstico: guia completo!

Descontos no cálculo de rescisão

Além desses pontos, existem alguns descontos que merecem atenção para calcular a rescisão indireta. 

O desconto mais comum é o recolhimento do INSS do trabalhador, que incide sobre as verbas salariais. Além disso, efetua-se descontos referentes ao vale-transporte, salário-família, retenção do Imposto de Renda e faltas.

Como fica o aviso prévio na rescisão indireta no emprego doméstico?

O aviso prévio será determinado pelo juiz. Afinal, não há como a empregada e/ou o empregador anteciparem o evento.

Em geral, o aviso prévio nesta situação é o indenizado – ou seja, o empregador paga 30 dias equivalentes ao mês de trabalho.

Ajuda especializada na rescisão da empregada doméstica

O momento de rescisão sempre é delicado para ambos os lados. Mas quando se trata da rescisão indireta no emprego doméstico, o empregador deve tomar ainda mais cuidado para não correr o risco de outras ações trabalhistas.

Por isso, que tal contar com a ajuda de uma plataforma especialista em emprego doméstico, que te ajuda a fazer a rescisão da empregada sem erros e sem burocracias?

O Hora do Lar é a solução completa e inteligente para gestão de trabalhadores domésticos. Nós atuamos no mercado há mais de 5 anos, e te ajudamos a deixar toda a rotina de gerenciamento mais rápida, fácil e automática.

Tudo isso através de funcionalidades únicas e exclusivas que só o Hora do Lar tem, como:

  • Cálculo automático de rescisão e outros encargos e adicionais;
  • 100% de integração com o eSocial Doméstico;
  • Emissão de guias e comprovantes de pagamento;
  • Geração do informe de rendimentos;
  • Controle de ponto;
  • Suporte multicanal especializado;
  • Muito mais.

Descubra tudo o que o Hora do Lar pode fazer por você e junte-se a mais de 7500 empregadores domésticos que contam com a melhor gestão de seus lares. Cadastre-se agora e aproveite!

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

Quer receber mais conteúdos como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail toda
2ª feira e participe da comunidade do Hora do Lar!

© 2015-2023 Hora do Lar. CNPJ 21.011.165/0001-39. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade. Feito com ❤ pelo time HDL.

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.