...

Empregada que Trabalha 3 Vezes por Semana: Guia completo!

A empregada que trabalha 3 vezes por semana não é diarista, mas sim uma empregada doméstica. Segundo a Lei Complementar 150, a continuidade garante vínculo empregatício. Neste caso, a empregada tem uma série de direitos trabalhistas e deve ser registrada.

As necessidades e a realidade de cada empregador doméstico são diferentes. Nem todos precisam de uma atividade contínua, durante todos os dias da semana. Pode ser que a demanda seja apenas para o trabalho em alguns dias específicos.

Por isso, existem uma separação fundamental entre diarista e empregada doméstica. No senso comum, muitas pessoas consideram ambas as categorias profissionais como iguais, quando, na verdade, não o são.

Assim, tudo isso leva a uma dúvida muito frequente no emprego doméstico: a empregada que trabalha 3 vezes por semana deve ser registrada?

Para você saber todos os detalhes e muito mais, o Hora do Lar preparou este artigo completo. Fique conosco até o final e boa leitura.

empregada que trabalha 3 vezes por semana
Tudo sobre a empregada doméstica que trabalha 3 vezes ou mais por semana: salário, diferença para diarista, direitos, leis e muito mais – Foto: Freepik.

Empregada doméstica

Empregada doméstica é a profissional que trabalha para o mesmo empregador ou família durante 3 ou mais dias na semana. Por conta da continuidade das atividades, há vínculo empregatício e relação de subordinação.

Além disso, o trabalho não deve ter fins lucrativos para o contratante. De acordo com a Lei Complementar 150, conhecida como PEC das Domésticas:

Art. 1o Ao empregado doméstico, assim considerado aquele que presta serviços de forma contínua, subordinada, onerosa e pessoal e de finalidade não lucrativa à pessoa ou à família, no âmbito residencial destas, por mais de 2 (dois) dias por semana, aplica-se o disposto nesta Lei.

Então, o emprego de diarista 3 vezes por semana deixa de ser considerado como tal, e passa a ser entendido como emprego doméstico, regulado e amparado pela Lei.

Em outras palavras, a trabalhadora deixa de ser diarista ao trabalhar 3 vezes por semana.

Diarista que trabalha 3 vezes por semana

A empregada que trabalha 3 vezes na semana, de maneira regular e para o mesmo empregador, não é uma diarista.

Se há frequência de trabalho acima de 2 dias, há vínculo empregatício, ou seja, é preciso fazer o registro em carteira. Neste caso, o empregador deve seguir o disposto na Lei Complementar 150.

Diarista, portanto, é a profissional autônoma e sem vínculo empregatício que trabalha 2 dias ou menos para a mesma família.

Confira:

Diarista que Trabalha 2 Vezes por Semana deve ser Registrada?

Principais Diferenças entre Diarista e Empregada Doméstica

Empregada que trabalha 3 vezes por semana deve ser registrada?

Sim, a empregada que trabalha 3 vezes por semana deve ser registrada. O empregador que a contratar deve elaborar um contrato por escrito, assinar a carteira de trabalho e fazer o registro da profissional no eSocial Doméstico.

A diarista, por sua vez, não requer nenhuma destas duas obrigações por parte do contratante.

Saiba mais:

Como Registrar Empregada Doméstica 2023: contrato, CTPS e eSocial

Como fazer o registro em carteira?

A assinatura na carteira da empregada deve acontecer na seção “Contrato de Trabalho”. O empregador precisa preencher informações como CBO da categoria, nome do trabalhador, data de admissão, entre outros dados.

Quer saber mais? Confira a checklist gratuita de documentos para contratação da empregada doméstica que o Hora do Lar preparou para você:

O registro da empregada doméstica no eSocial é obrigatório?

Sim, o registro no eSocial Doméstico é obrigatório. O empregador deve registrar todas as informações contidas no contrato de trabalho e na CTPS. Trata-se de uma das etapas principais para que a relação trabalhista se encaixe nas exigências da lei.

Afinal, plataforma é responsável pela unificação de todas as informações e etapas referentes à empregada doméstica. Por isso, todos os eventos devem ser informados no sistema, como férias, 13° salário, etc.

Além disso, o eSocial é integrado com a CTPS Digital da empregada. Todas as informações são transportadas de forma automática para a carteira de trabalho digital da trabalhadora.

Quer saber mais? Confira o guia completo aqui: eSocial Doméstico: passo a passo para cadastro na plataforma!

Cadastro do empregador no eSocial Doméstico

Primeiramente o empregador precisará dos seguintes documentos para fazer seu cadastro no eSocial:

  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Recibo de entrega das duas últimas declarações do Imposto de Renda;
  • Título de eleitor.

Cadastro da empregada no eSocial Doméstico

Os documentos para fazer o cadastro da empregada na plataforma do Governo Federal são:

  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Data de admissão;
  • País de nascimento;
  • Número do NIS (NIT/PIS/PASEP);
  • Etnia/cor;
  • N úmero, série e UF da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social);
  • Endereço de residência do trabalhador;
  • Cargo;
  • Salário e periodicidade de pagamento (por hora, dia, semana, quinzena ou mês);
  • Jornada contratual.

Salário da empregada que trabalha 3 vezes por semana

O salário da empregada doméstica que trabalha 3 vezes por semana deve ser proporcional ao total de horas e dias trabalhados. Portanto, o valor mais importante para o empregador é o valor/hora.

Em 2023, o mínimo que a doméstica pode receber como remuneração por cada hora trabalhada é R$5,92. Este é o valor mínimo nacional, válido para toda e qualquer empregada, com exceção das que moram nos estados que possuem um salário mínimo regional próprio.

Portanto, para calcular o salário, basta: [n° de horas de trabalho] x [valor da hora de trabalho] = total do salário.

Direitos da empregada que trabalha 3 vezes por semana

A doméstica tem acesso aos direitos trabalhistas garantidos pela Lei Complementar 150 e pela Consolidação das Leis Trabalhitas (CLT).

Então, os direitos da empregada que trabalha 3 vezes por semana são:

  • Contrato de trabalho, assinatura da CTPS e registro no eSocial Doméstico;
  • Salário mínimo nacional ou regional;
  • Jornada de trabalho integral, parcial ou 12×36;
  • Férias remuneradas, acrescidas de 1/3 constitucional e 13° salário;
  • INSS e FGTS;
  • Adicionais legais, como horas extras e adicional noturno;
  • Descanso semanal remunerado (DSR);
  • Vale-transporte, caso manifestar necessidade;
  • Entre outros.

Confira mais: Direitos da Empregada Doméstica.

Férias da empregada que trabalha 3 vezes por semana

Por trabalhar durante menos dias úteis do que os demais trabalhadores, a empregada que trabalha 3 vezes por semana tem um período de férias diferente. Assim, o seu tempo de descanso é proporcional à quantidade de horas e dias de trabalho.

Para saber todos os detalhes, confira este artigo completo do Hora do Lar: Doméstica que Trabalha 3 Vezes na Semana Tem Direito a Férias? Tire Essa e Muitas Outras Dúvidas!

Direitos da diarista

Por ser uma profissional autônoma, a diarista não tem os direitos trabalhistas garantidos pela CLT. Então, ela apenas deve receber a quantia acordada pelos seus serviços, que não precisa seguir o mínimo nacional.

Ou seja, a empregada que trabalha 2 dias ou menos e não recebe férias, 13° salário e nem outros direitos da empregada doméstica.

Gestão da empregada doméstica

Em meio à correria do dia a dia, com uma rotina agitada, ser um empregador doméstico torna-se uma tarefa um tanto complicada. Afinal, lembrar de tantos detalhes e regras, além de todos os processos e obrigações, apenas deixa tudo mais difícil.

Por isso, há mais de 5 anos, existe uma solução completa e inteligente para o empregador doméstico: o Hora do Lar.

Nós ajudamos mais dre 7500 empregadores todos os meses a realizar a melhor gestão de suas domésticas, deixando toda a rotina mais prática, rápida e automática. Tudo isso por meio de funcionalidades exclusivas que só o HDL te oferece, como:

  • Controle de ponto;
  • 100% de integração com o eSocial Doméstico;
  • Emissão de guias e comprovantes de pagamento;
  • Geração do informe de rendimentos;
  • Cálculo automático de férias, rescisão e outros encargos;
  • Suporte multicanal especializado e pronto para te ajudar;
  • Muito mais.

Descubra tudo o que o Hora do Lar pode fazer por você e faça a melhor gestão de empregadas domésticas. Cadastre-se agora e aproveite a solução mais inteligente e completa.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 82

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Categorias

Mais recentes

Quer receber mais conteúdos como esses de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail mensalmente, com as principais novidades do mercado sobre gestão de empregados domésticos.

© 2015-2024 Hora do Lar. CNPJ 21.011.165/0001-39.
Todos os direitos reservados.

Feito com ❤ pelo time HDL.
Política de Privacidade.

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.