Segundo a Lei Complementar 150, o recolhimento do INSS e FGTS se tornou obrigatório para o empregador doméstico. Este recolhimento é realizado através da guia DAE emitida pelo sistema do eSocial. Neste artigo, mostraremos algumas formas do seu empregado acompanhar e controlar o recolhimento de suas contribuições, acessando extratos, vínculos e demais informações.Primeiramente, é importante ressaltar que, por questão de esquecimento até mesmo problemas no repasse do eSocial, o recolhimento do INSS e FGTS, podem não chegar ao ao destinatário correto. Daí a importância de estar atento.Para isso, vamos apresentar algumas formas de controlar e conferir se esses pagamentos de tributos estão chegando  lugar certo. Além disso, é válido aconselhar e instruir seu empregado a fazer essas checagens constantemente. Assim, minimizar os riscos do recolhimento de INSS e FGTS estarem indo ao destina errado.recolhimento do INSS e FGTS

INSS

Consultar contribuições do INSS via internet

Seu empregado doméstico pode consultar suas contribuições à previdência e solicitar seus extratos pela internet através do site “Meu INSS”. Por sua vez, é necessário realizar o login para obter as informações da conta. Caso não o tenha, o site irá direcioná-lo para a página “cidadão.br” para a criação de um cadastro. É rápido e fácil.

Após acessar o sistema, o empregado deve entrar na opção “Extrato Previdenciário (CNIS)”. Depois dessa etapa, ele encontrará a aba “Relações Previdenciárias”. Lá, é emitido um relatório que permite visualizar os dados cadastrais. Além disso, todos os vínculos, remunerações e contribuições feitas para a previdência ficam disponíveis para consulta.

Ainda assim, no caso der dúvidas sobre o “Meu INSS”, existe a opção de ajuda. Através da central de atendimento através do número 135. Entretanto, seu horário de funcionamento é das 7h às 22h de segunda-feira à sábado.

Consultar contribuições do INSS pessoalmente

O funcionário também pode consultar suas contribuições e afins indo pessoalmente até uma agência do INSS e solicitar seu CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). Ou seja, um documento no qual contém diversas informações a seu respeito, inclusive o pagamento das contribuições.

Para tanto, é necessário comparecer com RG e CPF. Só assim é possível fazer o requerimento da documentação ao servidor.

Consultar contribuições do INSS via extrato bancário

Os empregados que possuírem conta no Banco do Brasil podem fazer a verificação diretamente no caixa eletrônico. Portanto, basta solicitar o Extrato de Vínculos e Contribuições dentro das opções que são disponibilizadas.

Já os clientes do banco da Caixa Econômica Federal podem ter acesso ao extrato do pagamento através do internet banking..

FGTS

Consultar depósitos do FGTS via internet

O empregado doméstico que quiser consultar o saldo de suas contas vinculadas ao seu Fundo de Garantia, pode acessá-las se cadastrando no site da Caixa Econômica Federal. Para isso, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS / PASEP) e uma senha, a qual você criará junto ao seu cadastro, também é possível usar a senha do Cartão Cidadão, caso tenha um.

Consultar depósitos do FGTS através do aplicativo

Agora está disponibilizado para os segurados o aplicativo do FGTS, que os permite ter acesso a todas as suas informações referentes a saldo, extrato, depósito, correções e saques na palma da mão. O mesmo está disponível para download nas plataformas IOS, Android e Windows Phone, trazendo muito mais acessibilidade e praticidade a vida de seu empregado doméstico.

Consultar depósitos do FGTS via SMS

O empregado ao realizar o cadastro no site da Caixa Econômica Federal, ele tem a opção de receber em seu celular, avisos por SMS, informando-os de qualquer novidade, depósito e afins que ocorreram em sua conta, acompanhando de perto e regularmente seus benefícios como trabalhador com carteira assinada.

Consultar depósitos do FGTS pessoalmente

Para verificar seus depósitos do FGTS você também tem a opção de comparecer pessoalmente à agência da Caixa Econômica. Para solicitar o extrato e saldo da conta, basta levar o RG e CPF para requisitá-las à um atendente.

Como o empregador pode verificar as Guias DAE do eSocial não pagas?

Para consultar as guias DAE do eSocial que foram pagas ou identificar as que não foram, acesse o Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (eCAC). Além disso, você também pode solicitar os comprovantes de pagamento, assim como conferir as competências pendentes.

O mais importante é que o empregador deve estar sempre atento aos prazos de recolhimento, assim como é recomendado conferir regularmente se o repasse está chegando ao destino correto. Como vimos ao longo do artigo existem diversas possibilidades para empregador e empregado conferir o recolhimento do INSS e FGTS, assim evitando complicações para ambos os lados.
O artigo conseguiu esclarecer suas dúvidas sobre o recolhimento do INSS e FGTS? Então diz para gente o que achou nos comentários ai em baixo e aproveita para esclarecer suas dúvidas.
Categorias: INSS e FGTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *